“Deadpool 2” tem um herói – o que ele precisa, é um novo diretor.

Tim Miller deixou a sequência do filme da Fox por “diferenças criativas” com a estrela Ryan Reynolds, o que foi passado o site TheWrap foi contado por várias pessoas com conhecimento do projeto.

A partida foi “amigável”, disse uma fonte do estúdio, embora nós tenhamos ouvido de outros lugares que Reynolds e Miller tiveram uma relação controversa por um bom tempo. Os dois não tiveram um bom relacionamento desde que o primeiro “Deadpool” foi lançado, nem mesmo se falar por longos períodos de tempo.

Então, o que aconteceu para criar essa rixa entre Miller e o ator cuja carreira ele ajudou a ressuscitar?

O diretor disse estava tudo pronto para fazer a sequência, que ainda nem sequer tem uma data de lançamento. Isso é supostamente em parte porque quando os agentes de Reynolds renegociaram seu contrato, juntamente com uma enorme quantidade de dinheiro, a estrela tem controle sobre o elenco e outros controles criativos. Esse processo todo levou mais tempo do que Miller (e fãs) teria gostado, e brilhou uma luz sobre as diferenças de visão entre os dois.

Miller, que é dono de um estúdio de efeitos visuais disse que grande parte do trabalho de polimento no original “Deadpool” foi de graça, e queria uma sequencia estilizada, enquanto o ator colocou seu foco mais sobre o estilo de comédia atrevido que ganhou o primeiro filme sua classificação R. A questão de controvérsia também, eventualmente, veio à tona foi sobre a participação de Kyle Chandler. Miller queria a estrela de “Bloodline” para interpretar Cable, embora Reynolds não. Em última análise, o estúdio apoiado de sua estrela comercializável com isso o homem por trás da câmera empacotou suas lentes.

fonte:http://bit.ly/2f3jOm2